top of page

16 de maio - 19h30 às 21h

Local: Invicta

Infecções e inflamação: de Artrite a Zika

Os microorganismos, como os vírus, passam por adaptações constantes, ficando mais virulentos e resistentes aos tratamentos disponíveis. Alguns vírus conseguem “driblar” nosso sistema imune, e até confundi-lo. Ficamos então com várias perguntas: Quais são as diferenças entre dengue, zika e chikungunya? O que é um arbovirus (ele cresce em árvore)? Como posso me prevenir contra esses vírus? Doenças auto-imunes e micróbios? Qual a relação? Devido a diversas perguntas ainda não respondidas, a ciência possui um papel importante na sociedade, buscando entender a conversa entre os vírus e o nosso sistema imune para prevenir doenças e ajudar no bem-estar do ser humano. Venham tomar cerveja e aprender sobre vírus e imunidade com a gente!

Daniel Macedo de Melo Jorge

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Ceará (2004), mestrado (2008) e doutorado (2013) em Genética USP-RP pela Universidade de São Paulo. Realizou pós-doutorado sob a supervisão do Prof. Adam Lauring no Departamento de Medicina Interna na área de doenças infeciosas na Universidade de Michigan, USA. É membro associada da Sociedade Americana de Virologia (ASV), Sociedade Americana de Microbiologia (ASM) e da Sociedade Internacional de Biologia Computacional. Tem experiência na área de Genética Molecular, virologia e bioinformática, atuando principalmente nos seguintes temas: evolução viral, genômica, bioinformática e bioinformática estrutural.

Luiza Antunes de Castro Jorge

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Viçosa (2006), Mestrado (2008) e Doutorado (2013) em Imunologia pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo. Realizou pós-doutorado sob supervisão da Prof. Kathy Spindler no Departamento de Imunologia e Microbiologia da Universidade de Michigan. É membro associada da Sociedade Americana de Virologia (ASV). Atualmente é pós-doutoranda no Departamento de Biologia Celular Molecular e Bioagentes Patogênicos da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto sob supervisão do Prof. Dario Simões Zamboni. Tem experiência na área de virologia, com ênfase em imunopatogenese, atuando principalmente nos seguintes temas: arboviroses, epidemiologia molecular e interação patógeno-hospedeiro.

Renan Villanova Homem de Carvalho

Graduado em Farmácia pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Desenvolveu pesquisas nos Laboratórios de Biologia Celular (2008 a 2010) e desde 2010 desenvolveu pesquisa no Laboratório de Imunologia, no Instituto de Ciências Biológicas, da UFJF. Fez graduação sanduíche do período de 2011 a 2012 na Universidade do Porto (UP), Portugal, cursando disciplinas do Mestrado em Bioquímica da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP). No mesmo período, desenvolveu pesquisas (Iniciação Científica) no Laboratório de Microbiologia e Imunologia da Infecção do Instituto de Biologia Celular e Molecular (IBMC) da UP. Foi bolsista CNPq do programa Ciência sem Fronteiras - modalidade Graduação Sanduíche (SWG), de 2012 a 2013, onde fez pesquisas (Master Equivalent) na Unité Lymphopoièse, dirigida pela Dra. Ana Cumano, no Institut Pasteur em Paris, França. Atualmente é Doutorando no Laboratório de Patogenicidade Microbiana e Imunidade Inata na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (USP) sob orientação do Prof. Dr. Dario Simões Zamboni, estudando mecanismos de regulação da imunidade inata por Leishmania spp.

bottom of page